ADEMIR ROSA

ADEMIR ROSA (Patrono da Cadeira 12 – Acadêmico: Valmor “Nini” Beltrame) – Formado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fez pós-graduação/especialização em Teatro-Educação pela Universidade do Estado (UDESC). Casou-se em 1976 com Edilma Guimarães da Rosa, que conheceu no interior de Alagoas, em 1974. Foi professor de História na rede estadual de ensino, no Colégio de Aplicação da UFSC e em cursos pré-vestibulares. Também lecionou Sociologia Rural na UFSC. Engajado politicamente, teve intensa militância partidária e em movimentos sociais, especialmente junto aos Trabalhadores Rurais Sem Terra e à Comissão Pastoral da Terra de Santa Catarina (CPT-SC). Começou a atuar no teatro em 1969, em grupo amador criado junto ao SESI, com a montagem de “O Santo Inquérito”, de Dias Gomes, com direção de Odília Carreirão Ortiga. Foi fundador do Grupo Armação – e seu primeiro Presidente – e do Grupo de Teatro O Dromedário Loquaz. Teve também participação ativa no Grupo A e no movimento cinematográfico catarinense. Falecido em 28 de fevereiro de 1997 aos 49 anos, deixou uma história rica no meio teatral catarinense, que veio a justificar a denominação do espaço cênico do Centro Integrado de Cultura com o nome de Teatro Ademir Rosa.