ALDO BALDIN

ALDO BALDIN | Patrono da Cadeira nº 29 | Acadêmica: Mércia Mafra Ferreira – Cantor lírico catarinense o tenor Aldo Baldin, nasceu em Urussanga em 1944 e faleceu em 1994. Estudou canto, violino, violoncelo e piano em Porto Alegre e no Rio de Janeiro. Em 1970, no Rio de Janeiro, foi ouvido pelo consagrado mú­sico europeu Karl Richter, o maior intér­prete de Bach em seu tempo, que, impressionado com seu talento, convidou-o a estudar na Alemanha e lhe ofereceu uma bolsa de estudos. Aldo Baldin­ passou a residir em Frank­furt, tornou-se professor catedrático vitalício da Universidade de Kolshuhe, contratado especial da Ópe­ra Alemã de Berlim e considerado um dos maiores tenores do mundo. No Dicionário de Ópera, de Charles Osborne, o verbete com seu nome consig­na haver sido o catarinense “reconhecido pela crítica internacional como um dos melhores intérpretes de Bach, Handel, Schubert e Schurnann”. Em 1987, Baldin apre­sentou-se no CIC, em Florianópolis. Recebeu a Medalha do Mérito Cultural e, a Medalha Anita Garibaldi. No curso de sua efêmera, porém notável existência, o músico catarinense gravou mais de 100 discos, interpretou 53 papéis e realizou mais de 600 encenações nos teatros mais importantes do mundo.