ELKE HERING BELL

ELKE HERING BELL (Patrona da Cadeira 11 – Acadêmica: Cassia Aresta) – Nasceu em Blumenau, dia 10 de agosto de 1940. Aos 17 anos começou sua carreira, como auxiliar do artista alemão Lorenz Heilmair na pintura de vitrais da igreja matriz de São Paulo Apóstolo. No ano seguinte já partia para uma viagem de estudos na Alemanha, a primeira de outras que iriam marcar sua trajetória. Trabalhou especialmente a anatomia humana em materiais como ferro, madeira, concreto e bronze, e também o cristal. Com o marido, o poeta Lindolf Bell, inaugurou a primeira galeria de arte do Estado, a Açu-açu, em Blumenau. Participou de quase 50 exposições, entre Museu de Arte Moderna e Salão da Fundação Álvares Penteado, ambos em São Paulo. Filha de uma família tradicional de Blumenau, com situação financeira estável, Elke resolveu “mergulhar mais fundo e procurar felicidade”, como afirmava. Dedicou-se desde então, à tarefa de alto conhecimento através da arte. Bisneta de Hermann Hering, um dos pioneiros da industrialização no Vale do Itajaí, possuía um espírito muito humano e simples. As primeiras pinturas foram feitas quando ainda era criança, e quando Lorenz Heilmair foi convidado para um jantar na casa dos pais, aproveitou a oportunidade para  mostrar seus desenhos.  Lorenz ficou tão impressionado que a convidou para ajudá-lo a pintar os vitrais da igreja da cidade.