LINDOLF BELL

LINDOLF BELL | Patrono da Cadeira nº 12 | Acadêmica: Cassia Aresta | Seu gosto pela poesia veio dos pais, Theodor e Amália Bell, ambos lavradores (o pai também foi caminhoneiro ). Sua mãe costumava declamar poemas em reuniões familiares. Essa influência foi definitiva na carreira de Bell, encontrando-se enraizada na vida e nas obras do poeta.

Lindolf foi líder do movimento Catequese Poética, uma iniciativa que levava a poesia às ruas por meio de recitais e de cantorias que fazia na janela de sua amada, praças, ruas, viadutos, escolas e universidades, permitindo que milhares de pessoas conhecessem essa forma de arte. Esse trabalho deu a Bell um grande reconhecimento, no Brasil e também no estrangeiro.

Casou-se com a escultora blumenauense Elke Hering. Na década de 1970 os dois, juntamente com o casal de amigos Péricles e Arminda Prade, fundaram a primeira galeria de arte de Santa Catarina, a Açu-Açu, em Blumenau.

Lindolf Bell é atualmente o nome mais citado da poesia catarinense.