MARTINHO DE HARO

MARTINHO DE HARO | Patrono da Cadeira nº 10 | Acadêmico: Rudi Bodanese  – Nasceu em São Joaquim (SC), em 11 de novembro de 1907 e faleceu em Florianópolis em 24/05/1985. Ainda criança Martinho de Haro no Grupo Escolar Vidal Ramos, onde fazia o seu primário, ilustra com desenhos o jornal de sua classe, de exemplar único feito a bico de pena. Moço, artista autodidata, pintava para sua própria recreação, mas a beleza de seus quadros chamou a atenção de quantos tiveram a oportunidade de admirar as suas obras. Em 1927, recebeu bolsa para cursar a Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. Em 1938 foi premiado com viagem a Europa e ao retornar, fixou-se em São Joaquim (SC). Em 1943 voltou a residir em Florianópolis. Entre os artistas plásticos, foi, merecidamente, considerado um grande mestre, só comparável a Victor Meirelles.